Conecte-se conosco




Sem categoria

Bispo flagrado pela esposa com travesti em boate tenta salva-la de suicídio

Publicado

em

esposa flgra marido com travesti e tenta suicídio

Segundo informou o Portal Contei, um bispo de igreja neo pentecostal de Manaus foi flagrado pela esposa no Remulos Club, uma famosa boate do centro da cidade. Após ser surpreendida ao ver o marido com um travesti, a pastora tentou suicídio na Ponte do Rio Negro.

Pastor casado pela segunda vez, faz a celebração de Bodas de Prata do amigo

Segundo portais de notícias local, informaram que ser pego com a boca na botija, o bispo se dirigiu até a Ponte na tentativa de convencer a esposa a não tirar a própria vida. O quase suicídio na tarde de quarta 15, e a informação de que a mulher seria pastora de que ela teria flagrado o marido bispo com um travesti somente vei a tona nessa sexta 17.

A despeito do marido bispo ter se dirigido até a Ponte apo´s a descoberta do seu caso de adultério homossexual, salvar a esposa, quem resolveu mesmo a questão foi o pastor evangélico Ronaldo Oliveira, da Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Amazonas (IEADAM). Ele mora bairro Alto de Nazaré estava passando pelo local e resolveu parar. O local conhecido como Mutirão do Cacau Pirêra, localizado no município de Iranduba (27 quilômetros distante de Manaus).

Bispo Edir Macedo se livra de acusação criminosa de lavagem de dinheiro

“Eu estava de carro com meu irmão voltando para casa. Quando vimos várias pessoas amontoadas no meio da ponte. Logo pensei que poderia ser alguém que estava tentando pular. Paramos o carro e fomos ver sobre o que se tratava. Chegamos lá, vimos uma mulher muito angustiada chorando e gritando ‘Por que vocês me puxaram? Eu já estava pulando da ponte’. Pedi licença do policial e comecei a conversar com ela”, contou Ronaldo a um portal de notícias da ragião.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *